(24) 24424213 ou 24422840, Rua José Alves Pimenta, 890 Matadouro, Barra do Piraí, RJ  

01/12/2017

Jesus, o verdadeiro Natal

Iniciamos as atividades comemorativas do Natal e cabe aqui, uma reflexão sobre alguns motivos que nos levam a comemorar o Natal de Jesus.

É tendência neste tempo, questionar a validade de se comemorar o Natal. Na verdade o que tem ensejado tal dúvida é a tendência entre algumas igrejas evangélicas, de incorporar costumes judaicos, e até mesmo doutrinas judaicas, pautadas no Antigo Testamento à sua liturgia. A consequência natural dessa realidade é a indiferença à comemoração do Natal, isto porque, para o judeu, Jesus não é o Messias prometido por Deus, portanto não faz sentido comemorar o seu nascimento.

Há três grandes momentos na história do cristianismo: O nascimento de Jesus, inaugurando o tempo da graça; A morte de Cristo na cruz por nossos pecados e a ressurreição, sem a qual continuaríamos sem a possibilidade de salvação. Celebramos sua morte, celebramos a ressurreição, mas alguns têm dificuldades em celebrar Seu nascimento.

É verdade que Jesus não mandou que comemorássemos seu nascimento, mas também não o impediu. Natal foi, é e sempre será festa do Nascimento de Cristo. Nos primeiros séculos, era comemorado em 6 de janeiro, depois passou a ser comemorado em 25 de março, sendo a data de 25 de dezembro comemorada pela primeira vez em 354 e oficializada em 440. Atualmente se argumenta, entre os evangélicos, acerca da legitimidade de se comemorar o Natal. Alguns chegam a dizer que é festa pagã. Por esta razão nossa reflexão, nesta ocasião visa dizer que Jesus é o verdadeiro Natal.

Aqui desejo lhes dar alguns argumentos que nos inspiram a comemorar o Natal, a mais bela festa.

1. Comemoramos por causa da razão profética. Mateus 2:21-23

O nascimento de Jesus é evidência de cumprimento profético, é evidência da fidelidade de Deus em cumprir sua Palavra. Deus age certo na hora certa. Deus escreve certo em linhas certas. Deus vela por sua palavra para cumpri-la, e o nascimento de Jesus aponta para isso.

2. Comemoramos porque os céus comemoraram o nascimento de Jesus. Lucas 2:9-14.

A Bíblia diz que os céus comemoraram o nascimento de Jesus. Os anjos cantaram de júbilo. Isto por si só, já seria suficiente para nos encorajar a fazer o que os anjos fizeram. Os Pastores foram encorajados a celebrar o nascimento de Jesus, e nós, de igual modo devemos fazer o mesmo. Nasceu o nosso Redentor. É Natal.

3. Comemoramos como contraponto às mentiras sobre o Natal.

A mensagem que mais tem se firmado na mente das pessoas quando se pensa em Natal, é papai Noel, é árvore de Natal, entre outros. A igreja cristã tem o desafio de apresentar o verdadeiro sentido do Natal, comemorando-o de forma cristã, deixando absolutamente claro o que representa o Natal. É o contra ponto a tantas inverdades que vingam neste tempo, e que por nosso silencio, avançam cada vez mais. Não nos esqueçamos de que somos igreja cristã, baseada no Novo Testamento. Assim, não só os encorajo a comemorar o natal, como desejo a todos um Feliz Natal de Jesus.

Paz do Mestre.

Outros Links