(24) 24424213 ou 24422840, Rua José Alves Pimenta, 890 Matadouro, Barra do Piraí, RJ    

30/11/2018

Criança: Uma Oportunidade Estratégica

O desafio lançado pelo Senhor Jesus foi de levar o Evangelho ao mundo inteiro, isto é, todas as raças, todos os Continentes, todas as culturas, mas também para todos as faixas etárias. Adolescentes, jovens, adultos e também crianças. Nesse sentido, a visão que temos levado a nossa igreja, pretende ganhar também as crianças para Cristo.  

Nossa igreja conta hoje com 14 Células Infantis, muito bem lideradas pelas professoras treinadas, e coordenadas pela irmã Edna Campos, que prepara o material a ser ensinado. Nossa preocupação não é de entretenimento para as crianças, mas sim de evangelizá-las e falar de salvação para elas. Parece que o ardor missionário e evangelístico está se esvaindo, e isto de forma mais intensa e nítida no que se refere ao trabalho infantil.  

 Aqueles que estão interessados em cumprir a Grande Comissão farão bem em se esforçar deliberadamente para alcançar crianças. Estudos na igreja norte-americana revelam que mais de 85% dos cristãos vieram à fé em Cristo antes dos 18 anos. Isso torna os anos de infância a mais estratégica oportunidade evangelística. As crianças também são muito abertas e receptivas à fé”. Pr. Steve Cordle em Ministério Igreja em Células, 2012 

No Encontro de Células realizado nesta semana, reunimos 113 crianças que foram cuidadas pelas lideres das células infantis, sob a coordenação da Supervisora.  

No mesmo artigo citado acima, diz Steve Cordle: “... as células de crianças na redondeza podem ser muito estratégicas para alcançar crianças cujos pais podem não estar dispostos em trazer seus filhos à igreja no final de semana. Se a célula se reúne a poucas casas de um vizinho de confiança, a barreira para as crianças virem se desfaz. Uma observação prática: não importa se a célula está na vizinhança ou no culto de louvor do final de semana, é importante seguir a regra de "2 adultos" quando trabalhar com crianças. Ou seja, nenhum adulto deveria trabalhar sozinho com crianças. Isso serve de proteção tanto para as crianças como para os adultos. Podemos não querer acreditar que o abuso de crianças possa acontecer perto de nós, mas ninguém gostaria de tentar desfazer as contradições do que pode ter acontecido na outra sala”. 

“Ministério com crianças é uma excelente oportunidade de influenciar uma geração e cumprir a Grande Comissão”. 

Minha oração contínua é no sentido de que sejamos despertados para um forte engajamento na evangelização do nosso povo, a começar pelas crianças. 

Pense nisto. 

CFSM 

Outros Links